Diz o Milton Nascimento que amigo é coisa para se guardar no lado esquerdo do peito.  Ele tem toda a razão.  Amigos, que seria de mim sem eles!  Sempre prezei demais a boa amizade e um papo com amigos.  Não tem outra atividade que me faça sentir mais na terra.  Esse fim de semana, feriadão aqui no Brasil, Miró veio nos visitar.  Não propriamente nos visitar.  Ele veio participar de um encontro de poetas e ex-poetas (se é que isso é possível) na Balada Literária na Vila Madalena (http://www.baladaliteraria.org/home.html).  Que bom é rever amigos de loooonga data.  Conheço o Miró faz mais de 20 anos quando morávamos num apartamento do Copan, com outras meninas.  Grande época, cheio de muitas baladas, muita cerveja, muita paz e amor.  Nos encontramos, rimos, contamos histórias, anécdotas recentes, Miró fez performances, ficamos bébados, alimentamos a alma!  Amanhã tem mais.  Churrasco no Mané e muita aventura!  Haja forças e fígado!
Advertisements