“I wonder if I am having a silent nervous breakdown”.  Pipa Lee.

É possível a vida transcurrir sem explosões esporádicas?  Uma vida onde você tome conta dos outros e nunca, mas nunca perceba que quem precisa mesmo de cuidados é você?  Stop, in the name of God!  Dê uma olhada em você e diga o que fez você feliz hoje, ontem, semana passada?  É possível não se presentear com um gargalhada, uma caminhada sem rumo, um cineminha num dia qualquer?  Acontece mais vezes do que imaginamos.  Todos os dias.  A todas as horas.  Hoje, a minha sexta-feira off, fui ao cinema assistir The Private Lives of Pipa Lee.  O que poderia se esperar de um filme que tem no elenco Julianne Moore, Winona Ryder, Monica Bellucci, Maria Bello, Blake Lively (a gata Serena de Gossip Girl), Keanu Reeves, Alan Arkin and Robin Wright Penn?  E se esse filme fosse escrito e dirigido por Rebecca Miller (The Ballad of Jack and Rose and, oh yes, Mrs. Daniel Day Lewis!)?  Espetacular, certo?  Boa pedida para uma sexta-feira livre, no meio da tarde.  Com ingredientes cômicos, tristes, dramáticos, o filme retrata a vida de Pipa Lee, uma mulher casada com um escritor 30 anos mais velho que ela e com uma história de abusos psicológicos na infância, adolescência sexo-drogas-e-rock-and-roll e sonambulismo.  Meditando sobre a sua vida e todos os ups and downs que teve, Pipa se divide entre os seus sonhos malucos (causados em grande parte pelo excesso de drogas e de sofrimento) e uma vida dedicada ao marido, tão dedicada que até parece que o cara já morreu e ela está de luto.  Robin Wright Penn está sublime no papel e mais bela do que nunca.  O filme, aliás, é um filme de mulheres poderosas: a mesma Robin (ex Sean Penn, e nunca entenderei por que tudo acabou!), a Winona (linda!), a Blake Lively, a Julianne num pequeno papel, marcante, Monica Bellucci (a mulher mais linda e sexy do Universo) e a diretora, Rebecca Miller, que depois de The Ballad of Jack and Rose ganhou meu coração forever and ever!  Diálogos inteligentes e sensíveis que com certeza darão muito que falar para aquele chat após o filme!  Ah, não sei se isto faz alguma diferença ou não, mas o Produtor Executivo do filme é nada mais nada menos que Brad Pitt 🙂

The Private Lives of Pippa Lee 

Advertisements